30 / 10 / 2017
Homenagens marcam a comemoração do HFSE

Funcionários que fazem parte da história do Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE) foram homenageados nessa quinta-feira, 26, durante a solenidade de comemoração dos 70 anos da unidade. O diretor do CREMERJ Gil Simões foi um dos agraciados. A cerimônia aconteceu no auditório da unidade e reuniu diretores dos hospitais e institutos federais, autoridades legislativas e de conselhos profissionais.

Durante a cerimonial, o diretor do HFSE, Alexandre do Amaral, ressaltou o legado da instituição para a saúde púbica brasileira: "É sempre um privilégio ouvir a história de uma instituição diretamente das pessoas que fazem parte desta trajetória e continuam presentes e atuantes em seu dia a dia. Podemos dizer que o Hospital Federal dos Servidores nos dá a honra de conhecer sua história viva. A permanência dos valores que marcaram a construção deste hospital é evidente na assistência ao paciente e na transmissão do conhecimento entre os profissionais", concluiu o neurocirurgião.

Ildenê Loulla, coordenadora de Assistência do Hospital, explicou que a história da unidade se confunde com o próprio percurso da medicina brasileira: "O Hospital Federal dos Servidores foi construído nos moldes de uma instituição docente-assistencial, aliando os mais avançados recursos de assistência e de ensino. Dentre tantos outros pioneirismos ele, iniciou a residência médica no Brasil, tornando-se um padrão de formação profissional. A construção desse patrimônio histórico exigiu esforço, empenho e muito amor de sucessivas gerações profissionais", contou.

Gil Simões, que trabalha há 37 anos na pediatria da unidade, se emocionou com a homenagem. "Quero agradecer a todos que participaram e ainda participam da minha história no Servidores. Receber essa homenagem me deixa muito feliz e com a certeza que tenho trilhado um bom caminho com todos vocês", disse.

Documentário e exposição revelam o acolhimento ao paciente

A cerimônia de aniversário foi marcada pelo lançamento do documentário "Memórias do seu Tempo – HFSE 70 anos". O filme traz registros históricos da unidade, baseado em documentos e relatos de profissionais do HFSE. Roberto Abib, diretor da produção, elaborou uma narrativa que, a partir da história da unidade, ressalta a importância do hospital na vida dos profissionais. "A história do hospital é o pano de fundo para contar as trajetórias daqueles que dedicaram suas vidas à instituição. Colocamos em evidência profissionais que veem o hospital como uma extensão de suas próprias residências. Ou seja, para muitas pessoas, não se trata apenas de um espaço de trabalho, mas um ambiente que proporciona conforto e segurança", conta.

Outro momento que marcou o evento foi a inauguração da exposição "A essência do nascer: um olhar humanizado sobre o parto e o nascimento", de autoria de Priscila de Paula, técnica de Enfermagem do HFSE.

Pioneirismo

O hospital foi inaugurado em 1947, como resultado de uma reivindicação de funcionários públicos do extinto IPASE (Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado). Ao longo de décadas, acolheu pacientes ilustres como ministros e presidentes e hoje integra o Sistema Único de Saúde (SUS), com mais de 40 serviços de alta complexidade. É também uma referência em residência na saúde, em áreas como Medicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Serviço Social, recebendo profissionais de todo o Brasil.